Fazer a barba tem sido uma tortura para aqueles que têm Foliculite, que é uma  reação alérgica causada por instrumentos de barbear ou qualquer outra  irritação na pele fazem com que cada vez mais os homens recorram á depilação com laser sem dor.
A Foliculite ou processo de infecção dos poros pelas bactérias que acontecem normalmente no ambiente por pessoas que fazem: depilação, rapagem da barba ou ao suar e geralmente acontece com o homen ao retirar a barba ou na mulher ao retirar os pêlos da virilha.


É preciso vencer o preconceito de que depilação a laser é um ato feminino, quando na verdade é um hábito saudável não deixa que a pele sofra  irritações.
A ação da depilação a laser mata os bulbos das células para que os pelos não cresçam.
O método não é definitivo, os fios que nascerão de novo serão mais finos e fracos. São necessárias de 6 a 8 sessões, sendo, em média uma a cada 30 ou 40 dias.
Depois disso é necessário fazer uma manutenção de seis meses a dois anos.
Para os que acham que o procedimento é doloroso, é preciso esclarecer que só é dolorido em algumas regiões como no peito e nas costas.
A recomendação é que as pessoas com pele bronzeada devem aguardar até a pele voltar ao normal, para que não ocorra manchas, pois o laser ‘procura’ a melanina.
Pessoas com a pele muito bronzeada devem aguardar a pele voltar ao normal para fazer o procedimento. Como o laser “busca a melanina” e, quando pele está bronzeada, há uma grande quantidade dessa substância, o laser pode provocar manchas.
Outros métodos são sugeridos para os que têm pelos brancos ou loiros.