As manchas na pele incomodam muitas mulheres que buscam um rosto com pele saudável e homogênea.
As manchas da pele são chamadas de melasma, que é um distúrbio na pigmentação caracterizado por manchas acastanhadas e irregulares que podem ser encontradas na bochecha, pescoço, queixo, braços e antebraços.

O aparecimento é mais comum no verão e costumam surgir na maioria dos casos com a idade de 25 a 30 anos.
A proporção é maior em mulheres sendo de nove mulheres para cada homem com o problema.
As causas podem estar ligadas à exposição excessiva ao sol, problemas hormonais e predisposição genética.
Uma forma de prevenir é evitar a exposição excessiva ao sol, utilizando chapéus, filtro solar de acordo com a cor da pele e tomar sol nos período matutino.

Se mesmo com todos os cuidados persistir o aparecimento de manchas é recomendável procurar um dermatologista, o tratamento realizado é composto por: utilização de ácidos, pellings superficiais e loções clareadoras.
Um exemplo de ácido é o kojico, considerado um dos despigmentantes naturais mais eficientes do mercado, não causando irritação, nem fotossensibilização, por isso tem sido muito usado com excelentes resultados.

O clarinskin II é extraído do gérmen de trigo e também controla a síntese de melanina, tem a vantagem de poder ser usado sem restrições por gestantes.
Hidroquinona- ainda é o creme manipulado mais prescrito, com a função de inibir a ação da tirosinase, que é uma enzima relacionada à produção de melanina. Como o creme causa muita irritação o seu uso é de até 9 meses.

Pellings superficiais – dos tratamentos disponíveis nas clínicas de estéticas, o tratamento por peeling, pois é o mais indicado, por que somente retira apenas a camada superficial da pele.

Loções clareadoras
As loções clareadoras mais famosas são: Tratamento Nive Visage Uniform Skin, tratamento White Peel c, Skin Plus, Melani-D e Soya Unify. Os preços variam de R$30,00 à R$140,00.